Como posso saber se algo é pecado?

Deus, o Criador de todos, estabeleceu as regras pelas quais os seres humanos devem viver para serem felizes, realizados e agradáveis ​​a Deus. O pecado é rebelião contra Deus e Suas regras.

Romanos 2:14 -15 ressalta o fato de que mesmo aqueles que não conhecem a Deus ou qualquer uma de Suas palavras são capazes, por natureza, de fazer o que é certo, por causa de sua consciência, que Deus nos dá, mostrando o que é certo e o que está errado. Infelizmente para muitas pessoas, eles ignoraram suas consciências e buscaram seu próprio prazer por tanto tempo que têm dificuldade em discernir o que é certo e errado.

Discernir o que é certo e o que é errado

Quando nos tornamos cristãos, pode ser difícil, a princípio, discernir o que é certo e o que é errado. Se você tem alguma dúvida se algo é pecado ou não, não o faça, especialmente se isso resultar em que alguém tenha menos fé por causa de suas ações. Isso é ensinado em Romanos 14. Você não deve brincar de tentar se aproximar o máximo possível do pecado sem realmente pecar; você deve tentar estar o mais próximo possível de Deus e assim estará longe do pecado!

Ame a Deus e ame seu próximo

A ferramenta mais importante que Deus nos deu para saber se algo é pecado ou não é a Sua Palavra. Em João 14:15, Jesus diz: “Se me amar, guardará meus mandamentos”. Na Bíblia, podemos ler quais são os mandamentos de Jesus. O resumo mais simples é: ame a Deus e ame seu próximo. Ao fazer isso, você obedecerá a Deus e não será cativo do pecado.

O papel do Espírito Santo

No entanto, existem muitas situações em que não está imediatamente claro como os mandamentos de Deus se aplicam à nossa situação. Podemos aprender com nossa igreja como os cristãos da História entenderam o que significa obedecer a Deus. Mas nós também temos o Espírito Santo. O Espírito Santo tem muitos papéis: ensinar, nos levar a entender a verdade, lembrar as coisas que aprendemos, etc. Mas o que quero destacar é a convicção. João 16: 8 diz: “Quando Ele (o Espírito Santo) vier, convencerá o mundo a respeito do pecado, da justiça e do julgamento”.

Quando pecamos, o Espírito Santo nos deixa desconfortáveis ​​com o que fizemos (convicção); como resultado, devemos nos apressar a confessar e pedir perdão a Deus. Se mais alguém estiver envolvido, podemos precisar confessá-lo e pedir perdão também, ou, como no caso de roubar ou quebrar algo pertencente a alguém, talvez seja necessário substituí-lo. O Espírito Santo constantemente nos guia para que possamos ser purificados do pecado. Se nos recusarmos a ouvir Sua inspiração, gradualmente Ele ficará em silêncio, e deixaremos de crescer e ser fortes porque ignoramos Deus falando conosco.

Sentindo culpa

Às vezes, as pessoas podem se sentir culpadas por algo, e não têm certeza do que fizeram. Quando isso acontece, devemos orar e pedir a Deus que nos mostre nosso pecado para que possamos lidar com ele. Se nada vier à tona, é possível que o diabo esteja lhe dando uma falsa sensação de culpa que também pode nos levar a não crescer em nossas vidas espirituais. 1 João 1: 9 nos diz que se confessarmos nosso pecado, Deus nos perdoará e nos purificará; assim, se continuarmos nos sentindo culpados por algo, mas Deus não nos mostrar nada, ou você se lembrará de algo que fez no passado, e confessou, mas ainda não se sente feliz, lembre-se deste versículo. Uma vez que confessamos o pecado, Deus perdoa e purifica, e é esquecido.

Como esta passagem da Bíblia fala com você? Por favor, compartilhe seus pensamentos abaixo!

Compartilhar postagem

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email