Procurar
Close this search box.

É certo um cristão casar com um descrente?

Can you marry an unbeliever? incredúlo

Esta é uma área sensível. Olhar para as Escrituras nos ajudará a ir na direção certa.

Advertência contra o casamento com um incrédulo

Na carta de Paulo aos coríntios temos uma advertência contra o casar-se com incrédulos: “Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?” (2 Coríntios 6:14). Embora esse versículo provavelmente não tenha sido escrito especialmente com o casamento em mente, certamente é relevante para o casamento. Paulo nos ensina a nos mantermos puros das práticas idólatras do mundo. A comunhão íntima com um incrédulo tornará muito difícil para um crente andar com Deus e não cair em tentação. Somos ensinados a orar: “Não nos deixes cair em tentação” (Mateus 6:13), mas ao casar-se com um incrédulo, você entra nessa tentação por sua própria vontade. Casar-se com um incrédulo significa partilhar um jugo com um incrédulo. Quando você se casa, você forma uma nova unidade: Gênesis 2:24.

Colocado no reino da luz

Quando você chegou à fé em Cristo, você foi tirado do reino das trevas e colocado no reino da luz (Colossenses 1:13). Então, como você poderia ter comunhão com uma pessoa que ainda está no domínio das trevas? Será impossível compartilhar a parte mais importante de sua vida com ele ou ela: seu relacionamento espiritual com Jesus. Além disso, quando você começar a ter filhos, será difícil formar uma unidade com seu cônjuge no que diz respeito à educação espiritual deles.

Dê-lhe tempo para conhecer o Evangelho

Quando você começa a ter um relacionamento com um incrédulo e ele se torna um relacionamento mais próximo, você pode dar a ele ou ela tempo para conhecer o Evangelho. Em alguns países é muito difícil encontrar um marido ou uma esposa que seja cristão, porque são poucos. Nesse caso, é uma boa ideia fazer com que seu(a) noivo(a) se encontre com o pastor ou um presbítero de sua igreja e ofereça a ele ou ela a oportunidade de estudar a pessoa de Cristo. É claro que ninguém pode forçá-lo a se converter ao cristianismo e existe o perigo de que ele ou ela se torne um “cristão” por sua causa, mas no fundo permanece um descrente. Ore para que o Espírito Santo o guie neste assunto e esteja preparado para confiar Nele e obedecê-Lo.

Você aceita a palavra de Deus como autoridade?

O ponto principal em questões como essas é: você aceita a palavra de Deus como autoridade, mesmo quando se trata de questões mais delicadas em sua vida? Você confia nEle em todas as áreas da sua vida? Permita que Ele o guie em seu caminho e confie Nele, que Seus caminhos são os melhores. Dê uma boa olhada nas seguintes passagens: Provérbios 3:6-8; Salmo 32:8-11; Salmo 95:7-11. Todas essas passagens têm isso em comum: confie em Deus e você encontrará a verdadeira alegria.

Compartilhar postagem