Graça para as pessoas que se afastaram de Deus.

“Considerai, pois, vos rogo, desde este dia em diante; desde o vigésimo quarto dia do mês nono, desde o dia em que se fundou o templo do Senhor, considerai essas coisas. Porventura há ainda semente no celeiro? Além disso a videira, a figueira, a romeira, a oliveira, não têm dado os seus frutos; mas desde este dia vos abençoarei.”    (Ageu 2:18,19)

Deus é bom. Ele oferece a Sua graça a pessoas que foram infiéis, que se afastaram Dele. No próprio dia em que Ele ressaltou que o coração do povo está impuro e, portanto, o seu trabalho também é impuro, Ele promete fazer um novo começo e abençoá-los. A Sua graça e misericórdia não são alteradas pela infidelidade do povo.

Deus os convida para voltar para Ele, não ameaçando avisos de julgamento vindouro, mas pela Sua oferta de alegria e abundância.

Como o apóstolo Paulo recorda aos seus leitores: “desprezas tu as riquezas da sua benignidade, e paciência e longanimidade, ignorando que a benignidade de Deus te leva ao arrependimento?” (Romanos 2:4). A experiência da bondade de Deus pode acender a chama do nosso amor por Ele. Esta verdade ainda se mantém. Pois Deus continua a ser o mesmo. A Sua oferta de reconciliação ao povo na época de Ageu ainda é válida. Somos convidados a voltar para Ele e a ver a Sua bênção nas nossas vidas.

“Provai, e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado o homem que nele confia.” (Salmo 34:8)

Estás disposto a voltar para Deus para que Ele te possa abençoar?

 

Compartilhar postagem

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email