Biblword.net
O que acontece em um culto na igreja?

O que acontece em um culto na igreja?

As reuniões da igreja são uma parte normal da vida cristã. Em todo o mundo, os crentes se reúnem regularmente como igrejas locais. Deus até nos mandou fazer isso – veja Hebreus 10:25. Mas o que exatamente acontece em um culto na igreja?

Alguns elementos padrão

Há muita variação entre os cultos da igreja. Alguns são muito formais e seguem rigorosamente uma liturgia com muitas cerimônias e rituais. Outros são mais informais. Alguns crentes podem se reunir na sala de estar, outros em grandes igrejas. Algumas congregações consistem apenas de um punhado de pessoas, outras têm milhares de membros. A aparência de um serviço da igreja depende – entre outras coisas – do tamanho da congregação, da cultura local e da denominação da igreja. Mas existem certos elementos que se repetem na maioria dos cultos da igreja.

Oração

Assim como a oração é uma parte normal da vida pessoal de um cristão, é um elemento padrão nos cultos da igreja. Afinal, os crentes não se reúnem apenas para se encontrar, mas também para encontrar o próprio Deus. Jesus prometeu em Mateus 18:20: “onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, eu estarei no meio deles”. A oração é um meio de expressar nosso louvor, agradecer a Deus por Suas bênçãos e pedir Sua ajuda. Como muitas pessoas estão reunidas em um culto na igreja, também é uma ocasião especialmente boa para compartilhar nossas necessidades com os irmãos e orar uns pelos outros.

Leitura da Bíblia

A Palavra de Deus tem um lugar central nos cultos da igreja. Geralmente, uma ou mais partes das Escrituras são lidas em voz alta. Quais partes são lidas, podem ser determinadas por uma programação de leitura ou escolhidas pelo pastor que pregará o sermão. Os participantes podem ler em suas próprias Bíblias. A leitura da Bíblia é importante, pois é o principal meio pelo qual Deus fala hoje em dia. “A palavra de Deus é viva e eficaz” (Hebreus 4:12), e “o homem não vive somente de pão, mas o homem vive de toda a palavra que sai da boca do Senhor” (Deuteronômio 8: 3).

Sermão ou pregação

Um culto na igreja também é uma ótima maneira de receber ensino de alguém que sabe muito sobre a Bíblia. Em muitas igrejas, há pastores consagrados que estudaram teologia para obter um entendimento mais profundo de Deus e da Bíblia. Eles transmitem esse conhecimento aos irmãos crentes, dando um sermão. Em outras igrejas, o sermão é realizado não apenas por pastores ordenados, mas por membros da igreja.

Em um sermão, o pregador pode explicar uma parte da Bíblia fornecendo informações históricas, explicando a estrutura linguística de um texto e estabelecendo uma conexão entre várias partes da Escritura e assim por diante. Ele também tenta aplicar a Palavra de Deus ao seu público. Afinal, a Bíblia não é apenas um livro histórico e o sermão não é apenas uma palestra explicativa. É a proclamação do evangelho. Deus fala também através do sermão.

Cantar

Outro elemento padrão de muitos cultos da igreja é o canto. Às vezes, isso é feito por um coral ou uma banda, mas muitas vezes toda a congregação canta em conjunto. Podem cantar Salmos, hinos antigos ou canções de adoração modernas, com ou sem acompanhamento musical, com ou sem dança – há uma grande variedade de opções, mas todas elas servem para adorar a Deus e expressar louvor, agradecimento ou tristeza das pessoas.

Cantar juntos tem antigas raízes bíblicas e é incentivado por versículos da Bíblia como Salmos 96: 1-2: “Oh, cantai ao Senhor uma nova canção; canta ao Senhor, toda a terra! Cante ao Senhor, abençoe Seu nome; fale de Sua salvação todos os dias ”e Colossenses 3:16: “A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais; cantando ao Senhor com graça em vosso coração”.

Ceia do senhor

Um elemento regularmente recorrente dos cultos da igreja, embora possa não ser realizado todas as semanas, é a Ceia do Senhor (também chamada de Comunhão ou Eucaristia). Esta é uma ordenança instituída pelo próprio Jesus (ver 1 Coríntios 11: 23-26). Os crentes comem um pedaço de pão e bebem um pouco de vinho, representando o corpo e o sangue de Jesus. Jesus ordenou explicitamente: “Fazei isto em memória de Mim. Pois todas as vezes que comerem deste pão e beberem o cálice, proclamais a morte do Senhor até que venha ”(1 Coríntios 11: 25-26).

Como exatamente a Ceia do Senhor é comemorada, pode variar. Em algumas igrejas, os crentes literalmente se sentam ao redor de uma mesa – como Jesus e Seus discípulos fizeram quando essa ordenança foi instituída pela primeira vez. Em outras igrejas, o copo de vinho e o pão são passados ​​enquanto as pessoas permanecem em seus assentos. Nos serviços católicos romanos, um padre distribui o pão e o vinho ao povo.

Batismo

A segunda ordenança importante é o batismo. Isso também pode fazer parte de um culto na igreja, realizado dentro do edifício da igreja ou em algum lugar externo em águas abertas. O batismo é ordenado por Jesus em Mateus 28: 19-20: “Ide, pois, e fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo”.

Diferente da Ceia do Senhor, o batismo é uma ordenança única. As pessoas são batizadas quando se tornam membros de uma igreja pela primeira vez. Algumas igrejas batizam crianças pequenas que pertencem à congregação, outras batizam apenas adultos. O batismo é um sinal externo do perdão de Deus e de receber uma nova vida em Jesus Cristo.

Coleta de dinheiro / ofertas

Muitas igrejas coletam dinheiro ou ofertas durante ou após seus cultos. Essas coletas / ofertas são usadas para cobrir os custos da igreja local, como administrar o prédio da igreja, pagar os pastores e assim por diante. As coletas também podem ser usadas para fornecer ajuda financeira aos membros pobres da igreja ou para projetos evangelísticos e de caridade.

Bênção

Quando o culto da igreja termina, as pessoas geralmente são dispensadas com uma bênção, por exemplo, a bênção de Aarão de Números 6: 24-26: “O Senhor te abençoe e te guarde; o Senhor faça Seu rosto resplandecer sobre ti e tenha misericórdia de ti; o Senhor levante o seu rosto sobre ti e te dê paz ”.

Unidade na diversidade

Como dito acima, há muita variação entre os cultos da igreja. Mas em toda essa diversidade, existe “a unidade do Espírito”. “Existe um corpo e um Espírito – assim como você foi chamado para a única esperança que pertence ao seu chamado – um Senhor, uma fé, um batismo, um Deus e Pai de todos, que está sobre tudo, através de todos e em todos. ”(Efésios 4: 4-6).

Em todo o mundo, em uma ampla variedade de culturas e denominações da igreja, as pessoas se reúnem em nome de Jesus “ que sejais corroborados com poder pelo seu Espírito no homem interior; para que Cristo habite, pela fé, no vosso coração; a fim de, estando arraigados e fundados em amor, poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus. ”( Efésios 3: 16-19).

Como esse ensino da Bíblia fala com você? Por favor, compartilhe seus pensamentos abaixo!

Grietje Commelin

Grietje studied theology and mastered in Bible Translation. Next to being a mother, she supports GlobalRize by writing bible reflections and other content for GlobalRize.

Curso Bíblico Gratuito

Disponibilizamos agora um curso bíblico online 100% gratuito. Em apenas 15 lições poderá aprender mais sobre Jesus.

Registe-se agora grátis!