Olhando para o futuro, não para o passado

“Quem há entre vós que, tendo ficado, viu esta casa na sua primeira glória? […] A glória desta última casa será maior do que a da primeira, diz o Senhor dos Exércitos, e neste lugar darei a paz, diz o Senhor dos Exércitos.  (Ageu 2:3,9)

Nós fomos lembrados de que a presença de Deus é motivo de alegria, mesmo quando nos sentimos apáticos devido à insignificância da nossa vida presente quando comparada às memórias do nosso passado. Hoje, nós lemos que Deus deu aos israelitas uma razão a mais para não se prenderem ao passado. Ele foca a atenção dos israelitas no futuro e promete que “A glória desta última casa será maior do que a da primeira”. Essa glória não depende de construções materiais ou do desing do templo. O próprio Deus vai preencher a casa com glória e paz.

Essa promessa se tornou realidade em Jesus Cristo. Durante o Seu ministério aqui na terra, Ele frequentemente visitou o novo templo e pregou lá. O sacrifício de animais realizado no templo estava apontando para o último sacrifício pelo pecado humano, aquele que reconciliaria o homem e Deus. Jesus veio para ser esse sacrifício. Sua morte expiatória tornou possível a paz entre nós e Deus (veja Romanos 5:1). A glória de Cristo é infinitamente maior do que a glória que o templo de Salomão jamais poderia ter! (veja Mateus 12:1-8 ,42).

Para todos que acreditam em Jesus Cristo como sendo o Príncipe da Paz, Deus têm um grande futuro à espera deles. Se você se sentir nostálgico, sem energia ou entusiasmo, lembre-se da vida que está por vir.

 

Você sente  a paz de Deus em sua vida? Como?

Compartilhar postagem

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email