Procurar
Close this search box.

Porquê Deus deu a lei?

É maravilhoso para uma criança pequena sentar no parquinho. Do primeiro ano a um ano e meio é um local que oferece segurança. O que não pode acontecer se uma criança não estiver no parquinho e você não estiver prestando atenção? Pode queimar a mão no aquecedor. Ele pode colocar o dedo na tomada eléctrica. Ele pode puxar a toalha da mesa enquanto há um bule de chá quente sobre ela. Pode bater com a cabeça num ângulo. Que coisa boa é um parquinho!

Você pode comparar a lei de Deus, dada a Israel por Moisés, a um parquinho. Gálatas 3:23 diz: “antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e encerrados para aquela fé que se havia de manifestar”. Como em um parquinho, você é guardado pela lei e cercado como prisioneiro. Esta imagem imediatamente deixa claro que nada de negativo está sendo dito sobre a lei aqui. A lei garante que você não coloque os dedos na tomada ou puxe todas as coisas da mesa. A lei evita acidentes.

Crescendo espiritualmente

Uma criança não fica no parquinho para sempre. Chegará o dia em que a criança correrá solta dentro de casa. Da mesma forma, a lei não deve durar para sempre. Gálatas 3:23 termina conosco sendo guardados pela lei “até que a fé seja revelada”. E no versículo 24 continua: “De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados.” A lei é necessária até o tempo de Cristo. A partir dali nós andamos livremente. O versículo 19 diz sobre a lei “foi acrescentada a ela por causa das transgressões”. Isso significa que as violações são impedidas por lei. Esses são os acidentes que acabei de mencionar. A lei restringe aqueles inclinados a pecar para que não pequem tanto quanto pecariam sem a lei. Mas esse não é o único significado.

Promessas de pacto

Se ele disser que a lei foi “acrescentada a ela”, você pode perguntar: a que ela foi adicionada? A outra, que veio primeiro, também é explicada em Gálatas 3. Essas são as promessas de Deus a Abraão. O versículo 6 diz: “Assim como Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado como justiça”. Em Gênesis é descrito como o Senhor Deus faz todos os tipos de promessas a Abraão. Deus promete a Abraão que nele todas as nações da terra serão abençoadas. Ele promete dar-lhe a terra de Canaã como herança. Ele promete que fará dele uma grande nação. E Abraão acredita nessas promessas de Deus. Deus considera isso como justiça. Ou seja, Deus diz: “Abraão, eu te declaro justo. Não porque você fez alguma coisa, mas porque você acredita em Minhas promessas”.

Paulo explica neste capítulo que é assim que Deus sempre trata as pessoas (Gálatas 3:7). Abraão é abençoado por Deus por meio da fé. E o mesmo se aplica a todas as nações: pela fé serão abençoados. Essa bênção está em ser um filho de Deus: “Porque todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus.” (Gálatas 3:26). Como filho de Deus, você sempre pode estar com Ele. Agora na terra, depois desta vida na eternidade e, finalmente, na nova terra. Que benção!

A lei foi adicionada

A essa linha contínua na Bíblia, da bênção de Deus sobre a fé, a lei foi acrescentada. Na verdade, é colocado em cima. Nota: a linha da promessa a Abraão e às nações não foi interrompida. A aliança com Abraão são promessas de Deus. Ele não negocia nada. São promessas incondicionais de bênção. Nada mudou. Mas algo foi adicionado.

Deus dá leis que Israel deve cumprir. Se Israel não fizer isso, não receberá a bênção, mas uma maldição. A linha direta na Bíblia é como Deus abençoa. Então a lei é adicionada e a maldição também é mencionada. Então, por que a lei é adicionada? Lemos no versículo 19: “Ela foi acrescentada por causa das transgressões”. Então, isso é em parte para manter as transgressões sob controle. Mas isso não é tudo. Se fosse assim, você diria: então o Senhor Deus poderia ter enviado Jesus para vir imediatamente depois de Abraão para tirar os pecados. Então não precisaríamos de todo aquele interlúdio com a lei.

A função da lei

Mas há mais. Pense novamente sobre a criança no parquinho. Aos poucos ela passa a entender que está no parque porque quer fazer certas coisas que não deveria. E ainda mais tarde entende que seus pais não fazem isso para incomodá-la, mas para o seu próprio bem. É para isso que serve a lei. A lei deixa claro para nós que somos pecadores e precisamos de um Salvador.

Portanto, a lei de Deus não pretende nos mostrar como viver para chegar ao céu. A lei serve para mostrar que não somos bons o suficiente para ir para o céu, então precisamos de um Salvador para perdoar nossos pecados e nos dar a vida eterna.

Você já encontrou o Salvador?

Compartilhar postagem