Procurar
Close this search box.

Posso me tornar um cristão se meus pais proíbe

Tornar-se cristão contra a vontade de alguém que tem autoridade sobre nós é uma questão muito importante que precisa de uma reflexão cuidadosa. Está se tornando cada vez mais comum em um mundo onde Deus, o Deus dos cristãos, é rejeitado por muitos.

Deus é o Criador de todas as coisas. Ele ainda governa sobre todas as coisas. Todo o ser humano aqui na terra foi criado por Ele e para Ele. Seu desejo é que todos O conheçam pessoalmente. Jesus disse que o maior mandamento é: “Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento” (Mateus 22:37). Portanto, devemos amá-Lo acima de tudo. Se as pessoas com autoridade sobre nós nos proíbem de segui-Lo porque não O conhecem ou porque sua tradição não permite, você tem que decidir a quem vai obedecer.

Devemos obedecer a Deus mais do que às pessoas

No Novo Testamento lemos que os discípulos contaram as boas novas a todos, depois que Jesus morreu, ressuscitou e voltou para o céu, e exortaram as pessoas a crerem nEle. Ao mesmo tempo, os líderes religiosos ficaram furiosos e tentaram destruir a crença de que Jesus é Deus perseguindo os discípulos. Depois que os discípulos foram levados cativos e ordenados a não falar mais de Jesus, sua resposta foi: “Mais importa obedecer a Deus do que aos homens” (Atos 5:29). Em primeiro lugar eram leais a Deus e só depois aos homens. Eles chegaram à conclusão de que, se os dois estivessem em conflito, deveriam sempre escolher Deus.

Como então viver?

Depois de dizer que devemos primeiro obedecer a Deus, devemos também lembrar que qualquer autoridade sobre nós é ordenada por Deus. Romanos 13:1 explica: “Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as autoridades que há foram ordenadas por Deus”.

Mostre respeito: Devemos sempre respeitar as autoridades superiores.

  • Se você vai acreditar em Deus contra a vontade deles, você deve respeitosamente deixá-los saber que você deve obedecer a Deus.
  • Quando, como resultado disso, você percebe que sua vida está em perigo, você deve seguir a Deus de maneira calma e orar por sabedoria para quem contar e como se comportar.
  • Como cristão, viva na presença daqueles que têm autoridade sobre você com uma atitude de respeito, obediência, amor, prestimosidade, paciência, alegria, paz e ore que a mudança seja vista em sua vida.
  • Ore por eles sem cessar.
  • Se você tiver a oportunidade de sair da autoridade deles, por exemplo, por meio do casamento, saindo de casa ou chegando à maioridade, poderá viver abertamente sua fé.

Posso ser um cristão se for proibido pelos meus pais ou aqueles que têm autoridade sobre mim?

A resposta definitivamente é “sim”. Mas de uma maneira que aproxime aqueles com autoridade mais perto de Deus. Não grite, não discuta, não os despreze por suas escolhas. Deus também os criou e os fez e é Seu desejo que eles venham a conhecê-Lo. Talvez Ele queira que você seja a pessoa que os ajude a ver isso. Portanto, seja sábio em tudo o que você diz e faz.

Compartilhar postagem