Rejeitando Jesus

 

“E os fariseus, tendo saído, formaram conselho contra ele, para o matarem”. (Mateus 12:14)

Os líderes religiosos da época de Jesus não estavam satisfeitos com Ele atraindo grandes multidões e ganhando popularidade. Ele afirmava ser Deus, o que eles consideravam uma blasfêmia. Ele não seguia as suas regras sobre o sábado (Sabbath) e criticou a hipocrisia deles, o que os deixava furiosos. Mas tudo isto não era motivo para as autoridades legais, os romanos, condenarem alguém à morte. Portanto, os fariseus teriam que conspirar contra Ele e encontrar alguma acusação que convenceria as multidões de que Jesus era um enganador e os romanos de que Ele era um subversivo. Não era fácil encontrar tal acusação e isso frustrava ainda mais os líderes religiosos.

Eles estavam tão concentrados na missão de destruir Jesus que a maioria deles nem sequer considerou seriamente as afirmações Dele. Simplesmente não gostavam Dele, não queriam ouvir os Seus ensinamentos, não queriam que Ele criticasse o comportamento deles. Ficaram cegos pelo seu ódio e aversão a Jesus.

Você reconhece esta reação em seu próprio coração? Às vezes você quer tirar Jesus da sua vida porque Ele lhe faz sentir desconfortável em si mesmo?

Por favor, não vire as costas para Ele. Rejeitar Jesus significa rejeitar a sua única esperança de salvação.

 

Compartilhar postagem

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email